sábado, 30 de janeiro de 2010

Reciprocidade














Quem sabe, quem viu,
Onde anda essa tal de reciprocidade
Parece que ela sumiu!

Não conheço de verdade,
Mas já ouvi falar,
Que essa dona reciprocidade,
É quem traz a felicidade
Daquele que quer amar.

Quando ela chega na parada,
Enche o povo de alegria,
Todo mundo se agrada
De sua companhia.

Dizem que o problema,
É quando ela vai embora,
Pois quem ela mantinha unido
Passa a brigar a toda hora.

Soube que ela tem um dom
De influenciar as pessoas
O sentimento que um tem,
Quando ela está por perto
O outro sente também.

Mas acontece minha gente,
Que dela só ouvi falar
Quem a ver deixe um recado
Que eu a estou a procurar.

Já revirei a cidade
Procurei em todo lugar.
Se ela existe de verdade,
Tô começando a desacreditar.

Mas como dizem por aí:
Sou brasileiro, caba persistente.
Vou continuar essa procura
vigorosamente
E quando eu a encontrar,
Vou dizer a toda gente!

4 comentários:

Anônimo disse...

A reciprocidade, em boa parte dos casos, existe, sim. Nem é necessário procurar, ela será sentida em algum momento.

O problema é q ás vezes nos enganamos, achando q existe reciprocidade da outra parte, mas só qd td acaba é q percebemos q não avaliamos corretamente. É td questão de somarmos aprendizados. ;-)

Beijo!

L.

Shi Oliveira. disse...

Lucas vc escreve tão bem. Os versos são tão bem construídos que amarram as idéias do que vc quis expressar e acaba por nos deixar sem saber o que dizer. Simplesmente porque nada mais poderia ser acrescentado e tudo que precisava ser dito, já foi.

Lindo texto, continue inspirado! ;)

André F.F. disse...

Gostei dessa poesia, foi escrita por ti?
Sucesso apra o blog!

Abçs

Lucas Peixoto disse...

sim, eu que escrevi. quando posto algo q nao escrevi eu digo o autor.