quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Frevo do descarnaval

Neste carnaval eu quero mais é ter paz,
Quero sossego.
Não quero mais um amor fugaz no meu enredo,
Quero um pôr-do-sol lilás quero um chamego.

Neste carnaval, não quero etilicidade nem as ruas,
Quero a simplicidade que tem as luas,
Quero serenidade que se perpetua.

Um comentário:

H.T.David disse...

Descobri seu blog por acaso, e já quero te dar parabéns.
Você escreve bem! São poucas as pessoas que escrevem poemas assim como vc!
Quando puder, dá uma olhada no meu blog, ok?
http://htdavidx.blogspot.com/

Abraço!